segunda-feira, 28 de maio de 2012

Afinal as mulheres não são complicadas...

Tenho sido vítima de assédio assim um pouco intenso por parte de uma colega de trabalho.
É estranho, porque já somos colegas há quase 3 anos e nunca me passou bola. O incidente que despoletou este insólito acontecimento, para mim, só pode ter sido eu ter dito, um dia, que gostava imenso das botas dela. A partir desse momento, não tive mais paz...
Nunca fui capaz de meter conversa com mulheres. Simplesmente não consigo... Sempre me fascinou como os meus pares homens fazem tal coisa com uma naturalidade tremenda. E agora finalmente percebi... É só preciso falar bem das botas e aí tenho-as na mão.
E eu que construía grandes dilemas filosóficos, quando, afinal, as mulheres não são nada complicadas...
Isto para mim é uma espécie de revelação divina, pena que chegue só agora. Sim, só aos 31 anos é que percebi as mulheres.
Para recuperar o tempo perdido, tenho passado horas na internet a reunir toda a informação que consiga sobre sapatos e botas femininas. Todos os modelos, marcas, cores e afins. Para não falhar mesmo, tenho estudado também todo o tipo de malas que as mulheres tão orgulhosamente gostam de exibir.
Quando a informação estiver toda armazenada no meu cérebro, ninguém me vai parar.
Vou para os sítios mais in e fashions que poderão haver... Modelos, actrizes, playmates, ninguém me vai escapar...
Ui e então metaleiras e góticas é que vai ser sempre a bombar, já que elas gostam tanto das suas botas e malas...



2 comentários:

Sayiuki disse...

não te tornes é num predador. ahahaha ;)

Blizard Beast disse...

isso já não prometo. ,)