segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Qual destes Hulk´s sou eu? Ou serei um pouco deles todos?




Numa destas noites, alguém que conhecera há apenas umas horas, completamente envolta no seu torpor alcoólico, disse que eu sou parecido com o Hulk.
Não obtive resposta ao perguntar qual deles, visto conhecer 3.
1- Hulk- O super heroi verde.
2- Hulk- Futebolista do F.C. Porto.
3- Hulk Hogan- Lutador, ou melhor actor de wrestling.

Tento dissecar cada um deles para tentar perceber quais os que posso eliminar, ou se os posso eliminar.

1- Hulk- o Super heroi. Que eu me lembre não fui atingido por raios gama e me transforme num ser poderosissimo e indestructivel. Não sou nenhum cientista que use alter-egos e que deseja salvar o mundo. Não sou verde, mas às vezes visto-me dessa cor. Ora aí está a primeira coisa em comum. Talvez, até seja mesmo um super-heroi. Pelo menos, às vezes sinto-me como um, capaz de derrotar tudo e todos não para salvar o mundo mas sim a mim próprio.
Hum- começo a encontrar algo parecido em mim com este Hulk.

2- Hulk- o futebolista. Ainda me resta algum jeito para jogar futebol. Vestígios de quando eu tinha um futuro radioso à minha espera nesse mundo. Como em tudo, acabei por me perder sem saber como, mas nunca voltei a encontrar-me.
Tenho uma paixão assumida desde o ínicio da minha vida, a unica que ainda subsiste nos dias de hoje e estará comigo até a eternidade: O Benfica.
Como em todas as paixões que tive, os desgostos foram imensos, mas perdoo tudo porque é superior a mim e transcende todo o universo. Paixões por pessoas, demore o que demorar, passam. Esta é a minha verdadeira e eterna paixão.
Este Hulk joga no arqui-rival da minha paixão. Um ponto negativo nesta análise intrinseca que faço. É totalmente inculto como quase todos os futebolistas. Não sou a pessoa mais inteligente do mundo, mas habita em mim alguma inteligencia. Mais um ponto negativo.
Hum- deste Hulk acho que só me revejo na paixão pelo futebol.

3- Hulk Hogan- Wrestler.- Nunca tive jeito para andar à pancada. Sou a pessoa mais pacifica do mundo. Também não tenho jeito para ser actor. Sou eu mesmo e a minha honestidade é das minhas caracteristicas que mais prezo. Todas as situações de violência em que estive envolvido ao longo da minha vida acabei sempre por ser o fustigado por todos os ataques adversários. Talvez tenha sido sempre masoquista. Gosto de ser punido. Gosto de sofrer. Nunca fui aclamado em nada na minha vida. Nunca ganhei trofeus ou titulos de qualquer espécie.
Hum- este Hulk só tem pontos negativos.

Características semelhantes com os 3: Sou um homem entroncado, com um caparro considerável. No alto dos meus 83 kg imponho respeito. e... pois, não vejo mais nada sinceramente...

Conclusão: Sou um homem com super-poderes de gostar da coisa mais parva do mundo que é o futebol e que tem capacidade de arquitectar duvidas filosóficas sobre estupidezes. Tenho a imagem mental de eu vestido de verde a correr com uma bola ao mesmo tempo que tento decifrar qual o sentido da vida. Por enquanto remato sempre ao lado. Haverá uma bola que entrará um dia e eu para festejar vou rasgar a minha camisola e em vez de mostrar uns abdominais perfeitos e uns peitorais super-desenvolvidos, mostrarei todas as cicatrizes que guardo em mim. Esses talvez sejam os meus trofeus. A prova de que ganhei alguma coisa. Pelo menos a capacidade de ver tudo com olhos irónicos.

2 comentários:

Marina Almeida disse...

oh...es do benfica. ta mal! de resto ta bem, gostei do post ;)

Carina disse...

Filosofia e futebol? LOL.