sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Solidão

Sinto-me sempre sozinho. Estou rodeado de pessoas que me querem feliz, mas eu nunca estou aqui. Estou sempre a viajar no mundo dos sonhos, nesse mundo perfeito, onde é tudo como eu desejo. Onde é sempre noite, esse mundo em que eu me sinto realizado, onde sei quem sou e para onde vou.
É doloroso acordar para a realidade. Ver que os meus sonhos foram estilhaçados e que nunca os voltarei a ter concretizados.
Sinto falta do calor de quem me ame e de palavras de carinho que me abracem a alma. Tenho tanto para dar, mas ninguém para o usufruir. É triste ser-se eu...
Sempre fui um solitário, primeiro por opção propria, sempre com o meu mundo à minha espera. Agora estou sozinho e nem o meu mundo perfeito me atrai.
Dos meus lábios saem palavras desconexas e caem no manto de neve que jaz a meus pés. Não vale a pena apanha-las e guardar porque já não tenho a quem as dar.
Assim vai a minha vida. Se alguém quiser trocar é só dizer...

1 comentário:

Mª Teresa Antunes disse...

Vamos todos por a nossa alma e vida à venda no e bay?