quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Sonhos...



Sou tão instável. Nunca tinha tido uma depressão na vida. A agonia e a angústia tornam-se por vezes tão dificeis de suportar. Sempre procurei refúgio no sono e no mundo dos sonhos, mas até esse mundo agora me magoa. Num momento estou bem e quando acordo estou num estado de desolação imenso.
Nos sonhos há algo que não me permite estar tranquilo. Há algo que me volta a lembrar que sou uma alma torturada. Não consigo esconder-me desta maldita doença que ja me quase ceifou a vida por várias vezes.
Quando estou mal durante o dia, o sono parece transportar-me para um estado de aparente normalidade. Mas agora tudo se inverte... Há alturas em que temo por mim! Tento ocupar o tempo, mas tudo é vazio de conteudo... assim como eu.
Tento traçar objectivos que me parecem simples. Um dia de cada vez. Há dias em que até consigo esboçar um sorriso mas é sempre passageiro. Só peço um pouco de estabilidade! O que penso num dia no seguinte já penso exactamente o oposto...
Choro num minuto e no seguinte pergunto-me o porquê do desperdício de lágrimas.
Quero sonhar! Mas sonhos belos. Aqueles sonhos dos quais não queremos sair. Mas até isso agora se tornou aparentemente inalcansável.

1 comentário:

Alexandra disse...

nada é inalcansável, tu sabes. Basta quereres. Olha que riste-te muito no passado fim de semana... ou não?