terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

"Love is always over with ejaculation"

Esta é a frase que coloquei no meu messenger há uns dias para cá. Fui questionado pela razão de o ter feito porque, pelos vistos, não seria algo que eu normalmente diria.
Ora bem: A frase em questão é o nome de uma música de Nargaroth, banda que já mencionei aqui como sendo uma das minhas favoritas. Simplesmente achei piada a esse título e realmente eu em estado normal nunca diria tal frase. Faço um mea culpa, mas a frase até dá asas a uma boa discussão, porque eu observando o que me rodeia, sim eu considero-me um bom observador, é o que acontece mas ninguém admite.
Cada vez mais as pessoas perdem a sua humanidade e vão regredindo apenas aos impulsos animalescos querendo suprir o mais rápidamente possível uma necessidade que explode por todo o corpo. Tantos artíficios são usados na obtenção desse fim. O amor é o principal. Isto é: uma falsa visão e promessa de amor para saciar os impulsos carnais. Esse mesmo amor torna-se inexistente quando está atingido o objectivo.
Agora pergunto eu: Não é bastante mais êxtasiante uma ejaculação no final da qual o amor permanece? Conheço bem os dois lados da questão, mas prontos (LOLOL)talvez seja eu que seja apenas maluco e sinta as coisas em demasia...

1 comentário:

Lia disse...

Eu concordo contigo....