segunda-feira, 31 de maio de 2010

Hoje li num jornal qualquer, que a organização do rock in rio tejo ficou desiludida com a fraca(!) afluência de público no dia de ontem. Obviamente caguei-me a rir! Mais de 30 000 pessoas é realmente muito pouco! Com bilhetes a 60 euros por dia, dá muito poucos milhares de euros!
Sempre fui contra o rock In rio tejo precisamente por ser um festival capitalista. Compreendo que as organizações dos outros festivais tenham que fazer um bom lucro para garantirem a sobrevivência do festival, mas o rock in rio tejo abusa nesse aspecto. Um Festival musical não precisa de invadir as televisões com publicidade ao seu cartaz, parcerias com 500 marcas de qualquer merda para garantir que o recinto esteja cheio. para quem gosta realmente de música assim como eu, basta conhecer o cartaz para decidir da ida ou não ida. Não quero com isto dizer que o Rock in rio tejo tenha tido maus cartazes mesmo para mim. Com Metallica a tocar em quase todas as edições é normal que esperassem mais pessoas ontem. São tão desconhecedores do submundo do metal, que não sabem que a unica banda que esgota mesmo tudo é apenas Metallica.
Ontem, por exemplo, tinha dois pesos pesados que nunca vi ao vivo e são das bandas que mais gostaria de ver :Motorhead e Megadeth. Só que a legião de fans dessas duas bandas é muito inferior à de Metallica. São grandes bandas, mas Metallica é de outro campeonato.
Irrita-me um pouco ver Motorhead e Megadeth a tocarem de dia! São bandas com muitos anos de estrada. Décadas mesmo! Rammstein surgiu em 96???
Acho que sim, na altura achei engraçado aquilo e até comprei o primeiro álbum. Um pouco de respeito por quem anda nisto há muitos anos sff!
Em relação aos 30 000 metaleiros(?) presentes ontem: Já ando neste degredo que são os concertos de metal na nossa terrinha há 15 anos e o máximo que vi num concerto de metal, mas metal a sério, no nosso burgo terão sido 1200\1500 pessoas. Portanto gaja, ser jurí do idolos não faz de ti uma expert em termos de música, dá-te por muito contente por teres chulado 30 000 "metaleiros". Gostava que apenas 1% desses metaleiros dessem-se ao trabalho de pagar 5 ou 10 euros por concertos muitas vezes à porta de casa para verem metal a sério. A cerveja até é bastante mais barata e tudo. Mas não, ser metaleiro fica reservado apenas para um dia do ano, isto se o Rock in rio tejo for anual.
Refiro que tive sempre bilhetes oferecidos para as edições do rock in rio tejo e recusei sempre ir.
Capitalistas armados em mecenas??? Não obrigado. Vão chular o vosso povo!

1 comentário:

Dia da Poesia disse...

Estou contigo, dai ser um dos poucos festivais que nunca fui… inclusive vivi ao lado hehhe (não deixo de admitir que se tivesse o bilhete para ontem, oferecido, não recusava..)