domingo, 1 de novembro de 2009

O meu reino tarda em chegar.
Esse reino que arquitectei.
Onde a mais bela flor desabrochará.
Como ele demora a chegar...
Como essa flor ainda permanece fechada em si mesma.
As suas pétalas serão de uma beleza nunca antes vistas.
Os jardins do meu reino aguardam pela flor.
Já lhe conhecem os espinhos.
Já sangrei picado por eles.
Tudo é irrelevante quando se espera por tão bela flor em todo o esplendor.
Mas ela insiste em não desabrochar....

2 comentários:

Carina disse...

Essa flor ainda não desabrochou depois deste tempo todo?

Marina Almeida disse...

isso é um grande problema. Será que consegues?