domingo, 14 de março de 2010

Crónica de uma noite de copos, versão 5.2

P.E.C- Esta sigla está na ordem do dia de todos os jornais e televisões. Aparentemente, significa medidas austeras por parte do governo para combater um défice publico galopante e mutante de maneira assustadora. Obras megalómanas e, talvez, desnecessárias, para o país são interrompidas abruptamente. Pergunto-me se esse tal défice arqui-inimigo do governo era algo desconhecido pelo próprio e que deflagrou com uma volatilidade nunca antes testemunhada nos últimos dias?
Subitamente aparece assim um monstro chamado défice colossal e destruidor escapando à guarda de ministros sonâmbulos!
Agora, deixa-se de falar de despesas do governo e fala-se única e exclusivamente de receitas. Tem que haver maneira de eliminar esse monstro alienígena! Obviamente as receitas tem apenas uma fonte; os cidadãos. Mais impostos e tudo o que podemos imaginar...

Este fim de semana, descobri um novo significado para a sigla P.E.C : - Policia esvazia a carteira. Impressionante e abismal a quantidade de multas que nestes dias se acumularam pelas estradas portuguesas! Aí está uma excelente forma de vencer a desleal batalha contra o défice: os portugueses conduzem mal e bebem muito. É como roubar um chupa-chupa a meninos. Só cifrões para si senhor engenheiro sem diploma. Tenho tanta pena de não lhe ter oferecido um traumatismo craniano quando lhe bati com a porta na cara no meu antigo emprego em Lisboa!!!!! Era herói nacional certamente. Qual CR9? Seria imortal e o meu nome soaria até à eternidade.

Anyway....

Um exemplo de excesso de zelo da policia e uma prova escandalosa das ordens superiores de caça à multa: Saem jovens cidadãos que pagam os seus impostos e trabalham alguns na formação do futuro deste país de um café um pouco já ruborizados pela acção de ingestão extrema de cerveja. Duvidas normais de qual o destino a tomar para a continuação da ingestão do néctar divinal. Nisto passa um carro da policia e um dos jovens que estava afastado do grupo diz "UHHHH" com um timbre quase imperceptível. O que se seguiu nem Tarantino teria imaginação para colocar num dos seus filmes: A policia quase capota o carro para fazer inversão de marcha para caçar o meliante que olha atónito. Saem 5 agentes de cacetete em punho em direcção ao "Criminoso" e encostam-no a um muro. Se não fossem surgirem do nada, 6 almas punks e metaleiras em direcção aos agentes agressores seria apenas mais um caso de alguém que caiu enquanto era interrogado pela policia! Tantas quedas dessas acontecem, é fantástico não é?
Hostilidade presente na cara dos agentes, grande parte deles, mais novos do que eu.
"A tão suposta escumalha da sociedade que querem hostilizar não são aqueles que usam correntes e camisolas de bandas." soou pelos meus lábios. Agentes empossados de uma falsa autoridade acusam o visado de desrespeito à autoridade e autuam-no por ter passado fora da passadeira!!!! LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL. Dinheirinho fresquinho para o combate ao défice!
Reacção mais que justificada e em boa pronuncia nortenha: "VÃO SE FODER!!!!!"
-"Voçê está detido por insultar a autoridade!" ao mesmo tempo que empurra o individuo para o carro. Outro agente empurra-me mas eu não saio da frente.
Vamos todos para a esquadra acompanhando o amigo delinquente por ter dito uma vogal na via publica! Surreal!
Nas esquadras portuguesas assiste-se às lutas titánicas dos agentes para lutar contra o tédio. Curioso o facto de a autoridade mudar o discurso quando sabe o grau académico do arguido!
Tudo fica resolvido com uma convocatória para tribunal amanha às 10 da manhã. Término de noite abrupto e de uma sobriedade inesperada. Eurinhos frecos que darão um golpe mortal no défice. Muito bem senhores agentes, merecem uma medalha de mérito por tão bom desempenho na protecção da pátria perante tal individuo de perigo colossal para os bons cidadãos que não pagam impostos! Perturbou a ordem publica de uma maneira intestemunhada pelo tempo. Amanhã o vosso comandante supremo abrir-vos-á de par em par o palácio de Belém! Sois o orgulho deste pais!
"Vão-se foder!!!!"

P.s- Não leiam isto na via publica senão serei preso...

1 comentário:

Dia da Poesia disse...

Pois… a justiça neste país … Enfim!