sexta-feira, 25 de setembro de 2009

14 anos depois a Alice volta ao país das maravilhas.

De vez em quando há assim uns acordares recebidos com um sorriso. Melhor noticia não podia ter em mais uma noite que adormeci no sofá a ver as televendas. Acordo e no noticiário da manhã da TvI a espantosa notícia de que os Alice In chains voltaram!!!!
Das minhas bandas preferidas de todos os tempos que tinham encerrado a carreira após a morte de Layne Staley.
Estava à espera desta noticia há tanto tempo, visto que eles se tinham voltado a juntar para dar uns concertos em festivais de verão. Puta que pariu, só cheguei no fim do concerto deles em 2007 no Super Bock.
É certo que não está lá a voz hipnótica e mágica de Staley, mas está lá todo o génio de Jerry Cantrel, que felizmente abandonou a carreira a solo e voltou a reunir a sua banda de sempre.
William DuVall é o novo vocalista e é para mim perfeitamente desconhecido, mas safa-se muito bem embora parecendo colar-se um pouco ao que Staley fazia.( Mas com um nome destes DuVall está aprovado. Será que é este o anarquista Duval dos Mão Morta???)

O regresso de uma banda que adoramos poder-se-á comparar ao reactar de uma relação amorosa: por muito que se queira, não é a mesma coisa que no passado. Este novo album está muito bom, mas falta o Layne que sucumbiu à sua auto-destruição.
Fica aqui a minha musica favorita de Alice in Chains e uma das que nunca saiu dos meus lábios passados tantos anos em pequena homenagem à melhor banda que alguma vez saiu de Seatle. Que me perdoem os Pearl Jam...

3 comentários:

Sofia disse...

Tens toda a razão. Está bom o álbum mas não é a mesma coisa.
A minha preferida é a "Angry Chair". Loneliness is not a phase, fields of pain where I grase, Saw my reflection and cried so litle hope that i´ve died.
Apesar de ser ainda muito nova quando o Layne morreu já ouvia isto, pois foste tu que viciaste o meu irmão e indirectamente a mim nesta banda.

Libânia Filipe disse...

Olá, estou aqui para te dar os parabéns pelo teu blog. Já o sigo à bastante tempo. Não me conheces de lado nenhum lado bem sei. Encontrei-o ao acaso na blogosfera. Sou capaz de te dizer que já o li de uma ponta a outra e digo-te: és genial. Verdadeiramente genuíno. Quem me dera ser a tua musa e adormecer com palavras tuas. Se achares que me apaixonar por uma páginada internet e muita doidice. Então sou uma doida, porque eu amo a tua arte, forma de escrever e pensar.

Beijinhos
LF

Carina disse...

Wow. Queres nelhor comentário do que este aqui em cima? You are a heart breaker my friend.